Leitura: 8 min

Verão no Inhotim: confira a programação educativa de janeiro

Verão no Inhotim: confira a programação educativa de janeiro

Janeiro é mês de férias para muita gente. E para receber a turma toda por aqui, a equipe educativa do Inhotim pensou em uma programação que agradasse a todas as idades. Tem oficinas, brincadeiras e visitas mediadas para fazer do passeio no Inhotim um momento bom para todas as famílias, amigos e amigas. E claro, para quem vem só também.  Confira as atividades oferecidas e prepare sua visita. Ah… e é sempre bom lembrar que temos um ponto de apoio  onde você tira todas suas dúvidas sobre o Instituto. É a Estação Educativa para Visitantes, localizada no Centro de Educação e Cultura Burle Marx. Lá, sempre vai ter gente para te orientar da melhor forma.

– Oficina de Carimbo Artesanal
Seja para autenticar documentos ou para indicar datas, os carimbos têm uma história antiga e estão presentes em vários locais. Todos os países têm sua história documentada por meio dos carimbos, que fixam os acontecimentos marcantes situando-os no tempo e no espaço. Através da confecção de carimbos artesanais no Inhotim, a oficina tem como objetivo a exploração de uma linguagem que remonta as origens da comunicação gráfica, além de levantar possibilidades de diálogos com os acervos do Instituto a respeito das questões de autenticidade e reprodutibilidade das obras de arte, aproximando o público do entendimento de uma linguagem que foi precursora para as mídias que hoje fazem parte do nosso cotidiano.
Quando: 03 e 06 de janeiro (quarta-feira e sábado)
Horário: 14h às 16h Local: Centro de Educação e Cultura Burle Marx
Público: adultos e crianças acima de 10 anos
Observação: limite de 20 vagas, inscrições no local por ordem de chegada

– Oficina de Furoshiki
O Furoshiki é uma tradicional forma japonesa de embrulhar presentes, transportar objetos como garrafas, caixas e outros objetos. Utilizando de um pedaço de tecido de forma quadrangular e algumas técnicas de dobradura e amarração do lenço, é possível criar inclusive bolsas para serem usadas no dia a dia. Além de criativo e versátil o Furoshiki ainda contribui para a redução do uso de bolsas plásticas. Adultos e crianças são convidados a participar desta divertida atividade!
Quando: 10 e 13 de janeiro (quarta-feira e sábado)
Horário: 14h às 16h Local: Centro de Educação e Cultura Burle Marx
Público: adultos e crianças acima de 10 anos Observação: limite de 10 vagas, inscrições no local por ordem de chegada

– Oficina de Colagem
A colagem é um procedimento técnico, que constitui em se utilizar de vários materiais, umas sobre as outras ou lado a lado, formando uma nova imagem ou composição. Tem surgimento datado da história antiga, entretanto teve seu valor artístico reconhecido a partir do século XX, com sua utilização no Cubismo (grandes nomes como Pablo Picasso e Georges Braque, entre outros, foram pioneiros na utilização desta técnica). Através de processos de colagens e técnicas mistas, o participante é sensibilizado a repensar de maneira artística e sustentável a utilização de diversos materiais e suportes, como madeira, pedaços de jornal e objetos. A colagem é uma técnica que põe em questão os limites entre pintura e escultura, o que é hoje a grande questão da arte contemporânea.
Quando: 17 e 20 de janeiro (quarta-feira e sábado)
Horário: 14h às 16h Local: Centro de Educação e Cultura Burle Marx
Público: adultos e crianças acima de 10 anos
Observação: limite de 25 vagas, inscrições no local por ordem de chegada

– Oficina de Flipbook
A criação da fotografia e do cinema foram extremamente revolucionarias, principalmente nas artes e nas ciências. O Flipbook ou Folioscópio é uma tradicional técnica cinematográfica experimental que trata de dar a sensação de movimento a imagens por meio de rápida alternação das mesmas. Através da oficina de Flipbook o visitante é convidado a experimentar e conhecer os princípios e técnicas do cinema de animação. Quando: 24 e 27 de Janeiro (quarta-feira e sábado) Horário: 14h às 16h Local: Centro de Educação e Cultura Burle Marx Público: adultos e crianças acima de 10 anos Observação: limite de 10 vagas, inscrições no local por ordem de chegada

- Jogo: Memorizando a Biodiversidade
No Jogo “Memorizando a Biodiversidade” a fauna e a flora do Inhotim são os personagens principais. Crianças e adultos serão convidados a conversar sobre espécies botânicas que são destaques no paisagismo dos jardins do Inhotim, além de exemplares da Mata Atlântica e Cerrado, pertencentes à RPPN Inhotim. A fauna silvestre e doméstica também será ponto de partida para as discussões.
Horário: 10h às 16h (de terça à sexta-feira) e 10h às 17h (aos sábados, domingos e feriados)
 Local: Estação Educativa para Visitantes (Centro de Educação e Cultura Burle Marx)

 - Visita Temática: Diversidade e Representatividade na Arte Contemporânea
A história das produções artísticas é marcada até certo ponto, por uma homogeneidade no que se refere aos sujeitos que as produziram, e as linguagens que utilizaram. Por séculos a arte europeia foi muito influente sobre a civilização ocidental, com as suas pinturas em quadros ou em monumentos, produzidas principalmente por homens. A partir do século XX os Estados Unidos ascendem como potência mundial, tornando-se também uma grande referência para as produções artísticas, mas com pouca alteração no que se refere a um cenário ainda dominado por artistas homens brancos. Essa bipolarização de influências que desconsiderou artistas de outros países, suas etnias e gênero, passa por um processo de dissolução, uma vez que o movimento contemporâneo tem uma capacidade muito maior de descentralizar e incluir, além  da diversificação das técnicas de produção. A temática “Diversidade e Representatividade na Arte Contemporânea” propõe ao visitante uma reflexão sobre a importância do acervo permanente do Inhotim, que é composto por 50% de artistas latino-americanos e além de possuir 30% de artistas mulheres. Apesar dos percentuais serem interessantes, falta representatividade?
Quando: 01 de janeiro a 28 de fevereiro (quartas, sábados, domingos e feriados)
Horário: 10h30 às 12h Local:  saída da Recepção
Público:  livre Observação:  limite de 25 vagas

– Visita Panorâmica
Conversa e reflexão sobre o espaço do Inhotim e seus acervos, explorando as várias possibilidades de percurso. Quando: de terça a domingo e feriados .
Horário: 11h e 14h
Local: saída da Recepção
Público: livre Observação: limite de 25 vagas

Te esperamo aqui! 



voltar
  • Twitter
  • Facebook
  • Google +