• EN
  • 12 de junho de 2017

    Redação Inhotim


    arteeventoexposiçãoJorge BenjorKarol ConkaMECAmúsicaworkshop

    Leitura: 5 min

    Tudo sobre o MECAInhotim – 2ª edição

    Tudo sobre o MECAInhotim – 2ª edição

    Tá chegando a hora de receber a 2ª edição do MECAInhotim, evento multicultural que mistura shows, palestras, workshops, exposições, entre outras atividades e experiências dentro do Inhotim.
    Vem conferir tudo que vai rolar nos 3 dias de festival!

    Pra marcar na agenda
    O evento acontece nos dias 7, 8 e 9 de julho, no Instituto Inhotim, em Brumadinho/MG.
    Na sexta-feira, a entrada para o MECAInhotim começa às 17h. No sábado e no domingo, o público pode acessar o Inhotim a partir de 9h30.

    Vai ter show
    Este ano, o evento conta com apresentações de artistas nacionais e internacionais. No line-up, estão Jorge Ben Jor, Karol Conka, os Djs Joakim (França) e Pional (Espanha), Stee Downes, Silver City, Ventre, Terno Rei, MOONS, Lumen Kraft, Lia Paris, Balako e muito mais.

    Vai ter palestra
    Nesta edição, as palestras abordam várias formas de empreendedorismo e contam com a participação da atriz Alice Braga e da apresentadora Marina Person.
    João Cavalcanti, co-fundador da BOX 1824, empresa de consultoria e pesquisa em cultura, falará sobre o “novo código digital” e como isso afeta diretamente a sociedade.
    Monique Dardenne e Claudia Assef, criadoras do Women’s Music Event (WME), explicarão como usam a plataforma digital para auxiliar mulheres no mercado da música e superar o preconceito.
    Barbara Soalheiro, idealizadora da consultoria Mesa & Cadeira, falará sobre o futuro do trabalho e o que fazer para não se tornar obsoleto.
    Carlota Mingolla, ativista que estuda as tendências e inovações na política, abordará o papel do cidadão na História, citando exemplos de cultura hacker que ajudam na renovação da política institucional.

    Vai ter day party
    Carol Mattos e Belisa (Masterplano), Lucio Ribeiro (Popload), Fernando Dotta e Rafael Farah (Balaclava), Filipe Raposo (RARA), Rodrigo Peirão e Diogo Strausz (Balako), Guga Roselli (Mareh), Vitor Sobrinho (Push), Lari Busch, Pedro Valério, Mark Daniel, Juli Baldi, Xeréu, Dollah Karmah e Leandro Matos são as atrações que assumem o palco à luz do dia, ao pôr-do-sol ou madrugada adentro.

    Vai ter camping
    Mais uma vez, será possível acampar perto do estacionamento do Instituto Inhotim. A empresa Overland disponibiliza estrutura de água, luz e segurança. Estão disponíveis vários modelos e tamanhos de barracas.
    Você também pode conferir outras opções de hospedagem em BH, Brumadinho e região aqui.

    Vai ter muito mais
    Os dias de MECAInhotim são oportunidades para conhecer mais sobre os acervos do Parque e acompanhar visitas mediadas, workshops, mesas-redondas e várias outras experiências.
    Confirme presença no Facebook do evento e fique por dentro das atualizações na programação.

    Onde compro os ingressos?
    Os ingressos já estão à venda no site do MECA (www.meca.love/mecainhotim) e variam de R$ 40,00 (ingresso inteira, para a sexta, a partir de 17h) a R$ 390,00 (passaporte inteira antecipado para os três dias) e em pontos de venda em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.
    Atenção: O valor do passaporte muda de acordo com o lote e vai virar no dia 16/06, então corre pra garantir o seu!

    São Paulo
    Perestroika – SP (Rua Fidalga, 66. Vila Madalena)
    (11) 99730-6576 | seg a sexta: 10h-19h

    MECASpot (Rua Artur de Azevedo, 499. Pinheiros)
    (11) 2538-3516 | seg a sexta: 13h-19h

    Rio de Janeiro
    Perestroika RIO (Rua Martins Ferreira, 12. Botafogo)
    (21) 99797-5127 | seg a sexta: 10h-19h

    Belo Horizonte
    Anticool Store (Av. Cônsul Antônio Cadar, 122. São Bento)
    (31) 3327-3448 | seg a sexta: 10h-19h | sab: 10 as 16h | domingo: fechado

    GUAJA (Av. Afonso Pena, 2881. Funcionários)
    (31) 21271517 | seg – quinta: 08h–23h | sex: 08h-00h30 | sáb: 09-00h30 | dom: fechado

    Formas de pagamento: Dinheiro, cartão e parcelamento até 3 vezes.

    Alguma dúvida?
    Confira mais informações no site do MECA.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    01 de junho de 2017

    Redação Inhotim


    educaçãomeio ambienteprogramação culturalvisita

    Leitura: 9 min

    Mudança do clima é tema da Semana do Meio Ambiente no Inhotim

    Mudança do clima é tema da Semana do Meio Ambiente no Inhotim

    Como as características de um determinado lugar podem se misturar com culturas globais para ajudar a diminuir as consequências da mudança de clima atualmente? Pensar em ações que considerem as particularidades de um espaço para reduzir esses impactos é importante em uma escala global, e é este o tema condutor da Semana do Meio Ambiente, que começa no Inhotim a partir deste sábado, 3 de junho. As atividades vão até o dia 11 e têm como ponto de partida a reflexão sobre estas ações GLOCAIS para um diálogo sobre a Mudança de Clima do planeta e Biodiversidade.

    O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado no dia 5 de junho, e a cada ano o Instituto Inhotim celebra esta data com uma programação especial durante a semana. Estudantes, professores, profissionais da área e moradores de Brumadinho e Região Metropolitana de Belo Horizonte compõem grande parte do público participante. As atividades programadas abordam a temática a partir do plantio de árvores nativas, visitas ao Viveiro Inhotim, visita ao Laboratório de Produção Vegetal, visitas temáticas pelos jardins e galerias, mostra botânica e apresentação musical. A programação é uma excelente oportunidade para os participantes investigarem os bastidores e os espaços de produção e pesquisa do Jardim Botânico Inhotim habitualmente restritos à visitação, mas que serão abertos especialmente ao longo dessa semana.

    Confira o que vem por aí e engaje-se!

    Visita Temática: Mudança do Clima e Biodiversidade
    As discussões que envolvem a mudança do clima são emergentes. A Visita Temática “Mudança do Clima e Biodiversidade” propõe uma reflexão sobre a colaboração de Jardins Botânicos para a mitigação dos efeitos da mudança do clima, sensibilização e o engajamento da sociedade civil e políticas públicas sobre este assunto. O significativo acervo botânico de Inhotim será ponto de partida para as discussões, a partir do termo GLOCAL. A proposta educativa colabora com as discussões promovidas pela ONU por meio da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável no que se refere ao ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) “combate às alterações climáticas”.
    Quando: 03 de junho a 30 de julho (quartas, sábados, domingos e feriados)
    Horários: 10h30
    Local: saída da Recepção
    Público: livre
    Observação: 25 vagas, inscrição no local a partir das 10h

    Programação especial para funcionários: 
    Bate papo entre a equipe do Jardim Botânico Inhotim e os funcionários das diversas áreas do Instituto. Temas como os bastidores do Jardim Botânico, os trabalhos desenvolvidos em 2017, o paisagismo e as curiosidades farão parte da atividade. 
    Quando: 05 de junho (segunda)
    Horários: 10h30 às 16h
    Local: Teatro Inhotim
    Público: funcionários do Instituto Inhotim
    Observação: 200 vagas, inscrição prévia pelo e-mail: info@inhotim.org.br

    Plantio de árvores nativas nos Jardins do Inhotim
    O Inhotim convida você para o plantio coletivo e simbólico de árvores nativas que irão fazer parte do exuberante jardim do Instituto. Plantar árvores nativas produzidas em nossos viveiros a partir de sementes coletadas no Inhotim, faz toda a diferença. A atividade contribuirá para o  aumento do número de espécies arbóreas nativas regionais na área de visitação, ampliará os espaços de sombreamento, contribuirá para o conforto térmico e sensibilizará mais visitantes quanto ao esforço global de combate à mudança do clima e conservação da biodiversidade. Faça parte dessa ação!
    Quando: 06 de junho (terça)
    Horários: 14h
    Local: saída da Recepção
    Público: livre
    Observação: Vagas limitadas, inscrição prévia pelo e-mail: info@inhotim.org.br ou inscrição no local a partir das 09h30


    Visita mediada pelo agrônomo: Nos jardins do Inhotim, paisagismo e coleção botânica

    Participe da visita mediada pelo o engenheiro agrônomo do Inhotim, Juliano Borin. Os admiradores da natureza vão conhecer de maneira mais aprofundada o exuberante jardim do Inhotim, sua construção, manutenção, produção de plantas e diversas curiosidades. Os participantes e o Juliano B. percorrerão também espaços que não são abertos à visitação livre, como o epifitário, estufa equatorial e outros bastidores do Jardim Botânico Inhotim, aproveite.
    Quando: 10/06 (sábado)
    Horários: 14h
    Local: saída da Recepção
    Público: livre
    Observação: 25 vagas, inscrição prévia pelo e-mail: info@inhotim.org.br, ou inscrição no local a partir das 09h30 (conforme disponibilidade de vagas). Atividade paga (valor R$40,00)

    Mostra de sementes e mudas da Mata Atlântica e Cerrado
    Durante a Semana do Meio Ambiente de 2017 o Inhotim exibirá uma mostra de sementes e mudas de ocorrência nos biomas mata atlântica e cerrado, ambos considerados de prioridade em conservação em razão de suas elevadas ameaças de extinção. Serão exploradas questões sobre a diversidade da vegetação, tipo de dispersão, conservação, ambientes e espécies ameaçadas e recuperação de áreas. A mostra será composta mudas e sementes de diferentes tamanho e formas de 10 espécies coletadas na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Inhotim que integra remanescente florestal de Mata Atlântica com encraves de Cerrado.
    Quando: 03 a 11 de junho (terça à domingo)
    Horário: 10h às 16h (de terça a sexta-feira) e 10h às 17h (aos sábados e domingos)
    Onde: Estação Educativa para Visitantes (Centro de Educação e Cultura Burle Marx)

    Visita Técnica ao Viveiro Inhotim e ao Laboratório de Botânica
    Com o objetivo de informar e divulgar as atividades de pesquisas e produção de mudas de espécies dos biomas Mata Atlântica e Cerrado, o Inhotim irá promover uma visita técnica ao Viveiro para conhecer o laboratório de botânica e platô de rustificação. Serão abordados assuntos relacionados a germinação de sementes, diferentes tipos de testes de propagação, triagem e beneficiamento de sementes, produção e manejo de mudas, importância desses estudos com espécies nativas, diversidade vegetal, recuperação de área e mudança do clima.
    Quando: 09 de junho (sexta)
    Horário: 14h à 16h
    Onde: Laboratório de botânica e platô de rustificação / Viveiro Inhotim
    Público: Jovens Agentes Ambientais, convidados das escolas dos jovens e membros do Assentamento Pastorinhas

    Apresentação obra orquestral “os Jardins do Inhotim” – Escola de Cordas Inhotim
    A Escola Cordas Inhotim consiste na continuidade e aperfeiçoamento das ações implantadas no ano de 2012. O projeto tem como principal objetivo oferecer a oportunidade de formação musical gratuita em instrumentos sinfônicos de cordas (violino, violoncelo, viola e contrabaixo acústico). As atividades contemplam crianças e jovens com faixa etária entre 10 e 18 anos, prioritariamente estudantes da rede pública de ensino e residentes no município de Brumadinho, que é composto por localidades de zona rural, distritos e comunidades quilombolas. O projeto contribui para o reconhecimento e valorização do cenário musical do Médio Vale do Paraopeba. A obra orquestral “Os Jardins do Inhotim” será apresentada durante a programação da Semana.
    Quando: 10 de junho (sábado)
    Horário: 11h
    Onde: Largo das Orquídeas
    Público: livre

    Siga o Inhotim no Facebook, Twitter e Instagram.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    30 de maio de 2017

    Redação Inhotim


    artebotânicabrumadinhocomunidadeeducaçãoinhotimjovens agentes ambientais

    Leitura: 5 min

    Inhotim é espaço de pesquisa e debate para Jovens Agentes Ambientais

    Inhotim é espaço de pesquisa e debate para Jovens Agentes Ambientais

    “O que mais me encanta aqui é a diversidade. Durante nossos encontros, sempre percebo o quanto é importante sermos 25 jovens com tantas diferenças, desde a forma como fomos criados até o lugar onde moramos e a orientação sexual. Isso faz com que nossos debates sejam completos, faz com que a gente construa uma consciência que passa por realidades diversas.”

    Quando questionada sobre o que mais gosta nos encontros dos Jovens Agentes Ambientais (JAA), Kelen logo responde: as diferenças. Integrante do projeto desde o começo do ano, a estudante de 15 anos já participou de um grupo de coral e da Escola de Cordas do Instituto. Assim que foi avisada na escola sobre as inscrições para o JAA, se inscreveu sem pensar duas vezes. “Aqui é minha segunda casa”, conta.
    20170517_JAA_ William Gomes-1011

    O programa, que conta atualmente com o patrocínio da IBM e da Aliança Energia, é desenvolvido pelo Instituto Inhotim desde 2008 e tem como objetivo a formação de jovens matriculados na rede pública de ensino do município de Brumadinho para a inclusão socioambiental. Durante todo o ano, são pensadas atividades que estimulam discussões sobre sustentabilidade, consumo consciente e qualidade de vida na contemporaneidade, e que despertam um olhar crítico para a busca de mobilização social em prol do meio ambiente. As temáticas são sempre abordadas de forma a serem aplicadas na própria comunidade onde os integrantes moram.

    A cada ano, 25 jovens entre 14 e 17 anos são selecionados para compor a turma e receber uma formação intensiva na área de meio ambiente e responsabilidade social. O processo de seleção não é pautado por análise de desempenho escolar ou conhecimento prévio. Durante as dinâmicas de seleção, busca-se identificar jovens que demonstrem sua inquietude diante dos desafios contemporâneos como questões de gênero e sexualidade, representatividade política no Brasil e democracia, ou sobre o papel do jovem na sociedade. Os encontros entre jovens e educadores acontecem duas vezes por semana durante todo o ano letivo, nas dependências do Instituto Inhotim.

    Ana Clara Silva tem 16 anos e foi uma das selecionadas para compor o grupo deste ano. Para ela, a chance de entender os ciclos do ambiente é o que mais a instigou a participar do projeto. “Uma relação ambiental difere muito do que as pessoas pensam que é óbvio. Por exemplo, uma pessoa tem a noção que o meio ambiente é só a floresta. Mas o lugar em que você vive já é um ambiente, o seu ciclo, o que você faz, é o seu ambiente. Aqui aprendemos isso e aprendemos as formas de melhorar esses lugares”, explica. 20170517_JAA_ William Gomes-1017

    Através de discussões temáticas, pesquisas no Jardim Botânico Inhotim e ações de diagnóstico e intervenção realizadas em diferentes comunidades, o programa desperta o envolvimento e desenvolve as habilidades necessárias para que esses jovens trabalhem individual e coletivamente, tendo o Inhotim como ponto de partida para pesquisas, reflexões e experimentações. A metodologia do programa se baseia, ainda, na relação com o município de Brumadinho, principal espaço de atuação e objeto de investigação no contexto do projeto.

    Neste ano, é a vez dos 25 jovens mergulharem em temas como agricultura familiar, alimentação e consumo consciente. No final do ano, é a vez de mostrarem os resultados dos dias de pesquisa, debate e imersão durante o Festival de Rua que realizam junto aos jovens do Laboratório Inhotim. Desta vez, realizado em uma comunidade rural de Brumadinho.

    Siga o Inhotim no Facebook, Twitter e Instagram.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    19 de maio de 2017

    Redação Inhotim


    elisa bracheresculturainauguraçãoinhotimpaisagismo

    Leitura: 4 min

    Obras de Elisa Bracher são montadas nos jardins do Inhotim

    Obras de Elisa Bracher são montadas nos jardins do Inhotim

    A partir deste sábado, 20 de maio, o público terá mais duas obras para visitar no Inhotim. Nas esculturas de grande escala de Elisa Bracher, montadas nos jardins do Parque, dois elementos marcantes do trabalho da artista estão presentes: peso e equilíbrio. Em Embrionário (2003), 13 toneladas de troncos de madeira se apoiam e se empurram; já em Equilíbrio Amarrado (2004), blocos de mármore criam uma relação de tensão entre instabilidade e sustentação em uma instalação de seis metros de altura.

    Além da montagem das esculturas, um novo paisagismo assinado por Pedro Nehring foi criado ao longo dos últimos cinco meses para receber as instalações. O projeto foi pensado obedecendo à estética misteriosa dos jardins do Parque, que faz com que os encontros com as obras externas e esculturas sejam sempre um convite à descoberta. Ao redor das esculturas, árvores e palmeiras do acervo botânico do Inhotim direcionam os caminhos do visitante de forma harmoniosa. De acordo com o paisagista, as espécies implantadas no local são, em sua maioria, nativas, e foram pensadas de forma a manter o lugar sempre florido, independentemente da época do ano.

    Elisa Bracher
    A escultora, gravadora e desenhista paulistana desenvolve, desde o início dos anos 1990, trabalhos que transitam por diferentes técnicas e linguagens. Interessada em testar os limites e as tensões entre os materiais com os quais trabalha, em poucos anos a artista conferiu dimensão monumental às suas esculturas. Apesar da escala grandiosa desses trabalhos, Elisa Bracher consegue manifestar a delicadeza no equilíbrio, tanto em seus desenhos em papel de arroz como nas grandes instalações. A artista também é idealizadora do Instituto Acaia, organização social sem fins lucrativos que oferece atividades a crianças, adolescentes e seus familiares de regiões vulneráveis de São Paulo.

    Próximos projetos artísticos
    A inauguração destas novas obras externas complementa a programação estratégica da Diretoria Artística do Inhotim para os próximos anos. Ao longo deste período, serão instaladas permanentemente no Inhotim uma escultura do artista americano Robert Irwin e duas obras da japonesa Yayoi Kusama. Novas exposições temporárias também estão programadas paras as Galerias Fonte, Lago, Mata e Praça, reforçando a proposta de disponibilizar aos visitantes do Instituto obras de arte do acervo ainda desconhecidas de grande parte do público, além de apresentar artistas de diferentes regiões do mundo, de diversas gerações e escolas, ampliando as possibilidades de leitura das obras de arte do Inhotim.

    Siga o Inhotim no  Facebook, Twitter e Instagram.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    02 de maio de 2017

    Redação Inhotim


    artecomunidadeeducaçãoprogramação cultural

    Leitura: 3 min

    Inhotim é destaque em evento na Embaixada Brasileira em Washington 

    Inhotim é destaque em evento na Embaixada Brasileira em Washington 

    No dia 6 de maio, moradores e turistas que estiverem em Washington D.C. (EUA) poderão conhecer um pouco mais sobre o Inhotim. A convite da Embaixada do Brasil em Washington e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Instituto participa da 10ª edição do Passport DC.

    O Passaport DC acontece durante todo o mês de maio e realiza diversas atividades que incentivam moradores e visitantes a explorarem a cidade, conhecendo um pouco mais as diversas culturas que integram a capital americana. O evento conta com festivais de rua, performances, exposições, oficinas e abre as portas das embaixadas para que o público possa conhecer os prédios históricos onde estão localizadas. No total, são 70 embaixadas participantes, além de mais de 40 instituições culturais da capital americana.

    No dia 6 de maio, acontece o Around the World Embassy Tour, dia anual de visitação às embaixadas com sede na capital dos Estados Unidos. Das 10h às 16h, são esperados mais de 6 mil visitantes, que terão a oportunidade de visitar a Residência Oficial do Embaixador Brasileiro em Washington e conhecer mais sobre o Inhotim, um destino cultural de interesse mundial.

    A ampliação da presença internacional do Instituto é um dos desdobramentos do projeto “Inhotim: Mudança Global”, realizado em parceria com o BID desde 2015, e que visa incentivar ações de mobilização relacionadas às mudanças climáticas, além do fortalecimento institucional do Inhotim.

    Exposição na sede do BID em julho
    Durante o Passport DC, também será comunicada para o público de Washington a próxima iniciativa do Inhotim na cidade, a exposição “Inhotim: At the Crossroads of Glocal Change”, com abertura agendada para 18 de julho. A mostra ocupa por dois meses a galeria localizada na sede do BID em Washington, e vai apresentar obras de arte da coleção Inhotim e experiências visuais e sonoras que remetem aos jardins e paisagens do Instituto, compondo uma narrativa que busca revelar um pouco do que é o Inhotim para o público internacional.

    comente

    • Twitter
    • Facebook
    • Google +
    Página 1 de 2912345...1020...Última »